segunda-feira, 22 de setembro de 2014

Street style em NY

O que você veste para andar por uma cidade que está visitando à passeio? 
Eu começo sempre pelo sapato, a.k.a. tênis. Se vou andar o dia todo, que pelo menos esteja confortável. Isso faz com que os complementos do look sejam sempre jeans, camiseta e bolsa estilo mochila.
Essa configuração é completamente diferente do que uso em SP, onde mesmo que use jeans (adoro) estou de sapatilhas e com blusas com detalhes e aplicações, de tecido mais nobre, e com muitos acessórios. Por isso, toda vez que vou viajar olho para um guarda-roupa lotado e penso: "Não tenho nada para por na mala!".

Lembrei disso ao ler o que a estilista Carolina Herrera falou sobre o estilo das ruas de Nova York:
“Nunca vi gente tão mal vestida na vida, é incrível! Não sei porque, não sei o que está acontecendo, mas está muito, muito ruim. Eu estava no trânsito essa manhã olhando para as pessoas nas ruas e pensei: ‘O que está acontecendo aqui? Está todo mundo usando as roupas erradas!’”
Fonte Petiscos

Será mesmo que todos estão usando as roupas erradas?
Não posso dizer de quem está nos escritórios, trabalhando, pois pouco os vemos. Já os turistas estão sempre no estilo 'confortável', o que nem sempre é muito bonito. Mas está correto para a função de turistar!




Simpaticíssima esta foto! Todos fotografando um por de sol visível da Park Ave.

Todas as ruas são lotadas, o metrô é lotado, você faz compras e carrega sacolas nas mãos e câmera no pescoço. Não dá para ser lindo assim! :D

Mas uma coisa tenho que confessar: apesar do mood turista ser o padrão, foi lá que vi as piores combinações de roupa de toda minha vida. Algumas pessoas realmente inovam no quesito vestir. Só para terem uma ideia, segue foto (tremida, pois foi tirada clandestinamente) de um sapato medonho de uma senhora na Barneys.

Tênis, meia de cano médio e aplicações de flores brancas de plástico!!!
E dá para ver onde começa a saia preta, abaixo dos joelhos. Estava de morrer, juro.

Os realmente estranhos são uma fração bem pequena da população que está andando nas ruas, mas eles existem. Espero que tenha sido por essa e outras que Carolina Herrera se revoltou tanto com o street style de NYC, e não por conta dos turistas!