quinta-feira, 26 de junho de 2014

15 itens

A história do consultor que se desprendeu de suas posses e passou a viver viajando apenas com uma mochila nos ombros contendo +14 peças não é novidade. Li em 2012 e desde então ela não me saiu mais da cabeça.

"Andrew Hyde é alguém que se tornou popular por ter esse estilo de vida desapegado de todos os seus bens materiais. O norte-americano, do estado do Colorado, vendeu sua casa em maio de 2010, e desde então possui apenas 15 coisas (sem contar meias e cuecas).

Hyde não se considera um sem-teto, pobre ou desempregado. Na verdade, o rapaz é um magnata do mercado da alta tecnologia, ele trabalha como consultor e mentor de pequenas empresas, é fundador da startup Weekend e organizador da conferência TEDxBoulder.

Como ele viaja muito, Hyde decidiu resumir todos os seus pertences em 15 itens onde os guarda em uma mochila laranja que leva para qualquer lugar. Desde então, já visitou 32 países."
Texto completo neste link
Sua lista:
1. Mochila Arc’teryx Miura
2. Camiseta NAU
3. Camisa NAU
4. Capa de chuva da Mammut
5. Camiseta da Arc’teryx
6. Shorts de corrida da Patagonia
7. Toalha de secagem rápida
8. Jaqueta de lã NAU
9. Kit de higiene
10. Óculos de sol
11. Carteira
12. Macbook Air
13. iPhone 3GS
14. Calça jeans
15. Tênis de corrida

Hyde diz que a cada item que compra, se desfaz de outro. "É fácil viver o minimalismo. Que camisa usar hoje? A que eu não usei ontem", brinca. "Uma vez acostumado com essa simplicidade, a normalidade complexa dos outros é que se torna curiosa."

Atualmente sua lista é um pouco maior que a original com 15 itens, pois ele adicionou três camisas xadrez, um chapéu de cowboy, um terno, camisa, gravata e sapatos “decentes” para poder palestrar. :)
 



Minimalismo X Consumismo 
(o estritamente necessário X a paixão por comprar)

Eu entendo sua noção de praticidade. E eu o invejo muitas vezes.
Talvez se eu fosse nômade e nunca parasse mais de uma semana em cada lugar, talvez eu conseguisse ter somente uma mala pequena com poucos itens.
Só que estabelecida em uma casa mobiliada, com armários de livros, roupas de cama, faqueiro, conjunto de copos, etc., como ter somente 15 itens com este estilo de vida?
Ele tem razão. Essa nossa "normalidade complexa" é, realmente, muito curiosa!!!


Gosto de rever esse artigo para me desapegar um pouco e diminuir a tendência consumista que me assola. Espero que ele também inspire você. ;)