sábado, 19 de abril de 2014

Normcore: independente da moda

Foi publicado no Estadão (16/04/14) uma coluna sobre normcore, que seria o movimento no qual não se segue moda alguma. Trecho:
"Se você é adepto da calça jeans e camiseta lisa, gosta de peças oversizes, chinelo com meia, calças ou casacos de moletom ou se você simplesmente não liga para tendências, não se importa com o universo fashion, não gosta de se destacar na multidão e não se interessa por saber quem é o diretor criativo da Chanel, saiba que você está na moda e essa nova onda chama-se: normcore."

Em um mundo tão dividido por tendências, estilos e gostos pessoais, nada mais natural do que existirem as pessoas que não dão bola para a Moda.
Isso sempre existiu e vai continuar existindo, pois moda é uma coisa importante e que faz sentido somente para um grupo. A novidade aqui é terem criado um nome específico para algo que não é um movimento, é apenas algo que sempre existiu.

Acho que na maioria dos dias todos somos meio normcores, visto que para ir ao supermercado ou ao dentista o habitual é usar algo confortável e discreto. A montagem de uma roupa fashionista fica somente para ocasiões mais especiais, como um passeio, um jantar, uma festa.
E será que mesmo nesses casos os normcores vão de moleton? Acho que não.  :)

Enfim, se você não curte moda, agora tem um termo para lhe definir. #edaí?


Após ter-se dito o óbvio, o que me espantou no texto foi a frase de Jeremy Lewis, fundador e editor da revista Garmento:
"Eu gosto da ideia de que não se precisa de roupas para se expressar."
Estranho isso. A roupa é parte da nossa história, é escolhida conforme nosso humor, com certeza expressa emoção e coloca para o exterior o íntimo do nosso gosto pessoal. E até uma roupa confortável e não seguidora de moda diz algo sobre você.

O resumo é: se você gosta de conforto, agora está liberado! Porém se, como eu, ama moda e acha que todo dia merece um outfit bem cuidado, essa onda normcare só vai lhe fazer companhia quando colocar seus pijamas.  ;D