sábado, 15 de março de 2014

Shopping Morumbi e suas novidades: Parfois

A rede portuguesa Parfois chegou ao Brasil, a festa de inauguração de sua primeira loja foi dia 13, esta semana. No entanto, eles já estão funcionando e abertos ao público há 15 dias.
Como não foi amplamente noticiada esta abertura e a loja em si é pequena, o movimento estava tranquilo, sem a loucura da Forever 21.


É uma bonita loja de esquina na parte conhecida como "extensão nova" do Morumbi Shopping.
Há muitas bijuterias, porém a maior área da loja é ocupada pelas bolsas. Completando a coleção há toda sorte de acessórios, como óculos de sol, chapéus, echarpes e cintos.


A gerente atual, Ana, portuguesa super simpática que está no Brasil treinando a nova equipe de vendedores, confirmou que os produtos são todos desenhados pelas equipes da rede, nos escritórios de Lisboa. Depois a manufatura é terceirizada, porém os modelos permanecem sempre originais da Parfois.


 
Olhem só esta bolsinha de festa: de metal, toda cravejada com pedras coloridas, um luxo! 
Preço: R$249

R$219 esta bolsa, acredita? Numa cor de gelo extremamente usável, gostei muito!

A mesma bolsa em outra cor, esta mostrando o detalhe que as acompanha: 
uma carteira, no mesmo material, que vem acoplada à grande.



Na Parfois eu comprei algumas coisas: dois broches de besouros (adoro!), um colar comprido e óculos de sol. 
Já vou avisando: os preços não são os melhores, gastei bastante para uma compra pequena. Mas fiquei satisfeita com o resultado, gostei realmente de cada peça que escolhi.

O tom do prata deles é exatamente o que mais gosto: rodinado, um prata quase preto.
O colar é lindo, já usei hoje! Custou R$79

 Detalhe dos besouros <3  (saí da loja já com os dois na camisa, rs). R$49 cada.

 E os óculos de sol, por R$69

É como falei acima: não é uma loja onde tudo é barato. As bijoux estão meio salgadas. Mas os óculos e as bolsas estão com valores bons. 
É uma boa novidade: uma fast fashion de acessórios muito difundida na Europa e que agora também temos por aqui.
Conclusão: vale a visita.