sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Isolda London - estampas

Quando surgiu a febre das estampas da marca Isolda, com seus polvos, lagostas e cajus, me apaixonei perdidamente por uma regata de lagosta e conchas em seda, que devido a sua montagem com tecido duplo dava a impressão de imagem 3D.

Imagem do site Farfetch

Só não comprei porque a modelagem vai somente até um n.°42 pequeno. Se encontrasse uma que me servisse com certeza compraria, ou essa acima ou qualquer outra do tal "efeito 3D". 


Porém, o conjunto de blusa mais saia já não me agrada tanto. Apesar de ter admirado inicialmente a ousadia e a criatividade, ao ver fotos de pessoas usando essa moda deixei de gostar das peças com duas estampas completamente diferentes fundidas. Não vejo elegância no conjunto, só excentricidade.


Agora estão surgindo as novas imagens do inverno 2014 e o crash de estampas continua em alta, com muito branco e preto e muitos limões e outras frutas.

 Imagem site Isolda

Imagem desfile via Harper's Bazaar

As peças da Isolda são caras, uma regata chega a ultrapassar a faixa de R$1.500, uma saia está perto de R$1.200. Logo, é originalmente uma moda cara e para poucos.

No entanto, o brasileiro é muito criativo e hoje vi no shopping uma blusinha "genérica" unindo ondas brancas e pretas com cajus, por R$99. Passa facilmente por pura Isolda se você não conhecer bem as estampas originais.


Agora pensa: todo mundo vestindo esse crash total de estampas no dia a dia. Não é mais esquisito do que bonito?


P.S.: encontrei várias saias ditas "inspired", e os preços estão de R$100 a R$150. Com isso cai por terra a ideia de exclusividade e de que com o custo original essa moda não haveria de se alastrar.

Saias a R$150

Bem feia, coitada, a R$100
Sinceramente? #nothanks