sábado, 13 de outubro de 2012

10 anos de Estilo

A revista Estilo de Vida (braço brasileiro da InStyle) está nas bancas com a edição de aniversário de uma década.
(não curti a capa do mês: não gosto do vestido, não gosto da atriz, do carão, nada. Mas enfim, a historinha aqui é sobre as primeiras edições da Estilo, então vamos lá...)


Aconteceu daquela primeira edição de Estilo de outubro de 2002 ser a publicação que me fez começar a olhar para o mundo da moda com simpatia.
Quando foi lançada, com a Carolina Ferraz na capa (sempre elegante, ela é praticamente sinônimo de estilo/Estilo), comprei a revista e me apaixonei pelo conteúdo e pelo formato inovador.

Durante uns dois-três anos fui absolutamente fiel, não perdendo nenhuma edição. Afinal, era a primeira publicação que não versava sobre os malfadados "10 passos para ...qualquer coisa..." típicos das revistas ditas "femininas".

O assunto era MODA, do início ao fim, com leves pinceladas de festas (sempre lindas), viagens, culinária, mas isso em doses homeopáticas. O recheio mesmo era de tudo que era moda, estilistas novos, os melhores sapatos, bolsas e acessórios, as roupas tendência e sempre em linguagem bem clara, de forma que as leigas pudessem entender e incorporar os conceitos e as formas de usá-los.

Para quem, como eu, não estava habituada com a linguagem fashion, era -- e ainda é, na minha opinião -- a revista ideal para entrada nesse mundo. Porque uma Vogue, uma Bazaar, não lhe ajudam a entender a moda de forma A+B: é tudo na base do conceito criativo, você precisa já ter uma bagagem para começar a gostar dessas edições.

E é por isso que hoje me espantei ao ver que já tem 10 anos da primeira Estilo, que foi praticamente minha "Cartilha" de Moda, com a qual aprendi as primeiras lições dessa área, e muito mais depois.

Por isso, Parabéns para a Estilo -- ótima porta de entrada fashion.