quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Voltei!

Após 13 dias em New York estou de volta à SP. Já estava com saudades da minha casa, quase cansando de NY.

Manhattan estava lotada de turistas, de todas as partes do mundo.
Uma das grandes diferenças com SP é que lá você vê pessoas andando na rua usando suas roupas típicas: mulheres africanas com boubous estampados, coloridos e de turbantes, japonesas com kimonos bordados que normalmente só vemos em filmes, homens com capas longas e coloridas (iguais ao filme "Um Príncipe em NY"). É divertido, muito diferente e inspirador.

Outra diferença marcante são as mega lojas. Na Saks, na Bloomingdales, na Berdorf Goodman, você tem andares inteiros destinados a roupas femininas, outros para masculinas, outros para sapatos, bolsas, cosméticos.

A área de cosméticos costuma ser a do piso térreo, por onde você entra nas lojas. Cada marca tem seu espaço e todas convivem lado a lado, em um enorme salão com pé direito sempre altíssimo. Aqui você normalmente é abordada enquanto vai passando pelos estandes, sempre estão lhe oferecendo cremes, maquilagens, limpeza de pele, etc., visando atraí-la para que suas compras acabem por ser nessa determinada marca. Se você não estiver disposta a gastar, recomendo passar rapidamente, agradecendo os convites enquanto anda, e chegar nos locais que pretende comprar algo tendo sua lista na mão. Ao mostrar na lista o que você quer daquela grife, eles lhe atendem e dificilmente tentam empurrar mercadorias extras.

Já na área das roupas você tem toda a liberdade para transitar entre as diversas marcas e grifes, por mais famosas que elas sejam, sem ser incomodada. Quando abordada por vendedores é só para um "How are you today?", simpático, só para dizer que estão ali se você precisar.
E que delícia é isso!!! Liberdade total para ver tudo, tocar em tudo, sentir o tecido, olhar de perto os detalhes, experimentar!

Os sapatos também são expostos em um grande salão, com as áreas de cada grife somente demarcadas pela alteração da vitrine - e, novamente, você tem acesso a tudo, pode pegar e verificar cada peça na mão.

Gostei demais desse sistema, totalmente diferente do nosso. Aqui você busca o sapato pela vitrine. E quando entra em uma loja de roupas já se subentende que você vai comprar algo. E quem tem cacife para entrar despretensiosamente numa Miu Miu, numa DVF, aqui em SP? ;)
Lá eu aproveitei para conhecer melhor várias coleções e foi algo que gostei muito de fazer.

Trouxe também algumas peças bem bonitas, várias da Zara de lá: realmente a Zara é espetacular nos EUA. Não admira que as blogueiras de look do dia se abasteçam constantemente com as novidades dela e que estejam sempre sendo invejadas por aqui.

Mas as novidades de compras ficam para outro post...
Bjs