domingo, 8 de julho de 2012

Obsolescência programada

Esta semana comprei um par de botas de cano alto na Cori. Além de absolutamente lindas, ainda estavam com 50% de desconto sobre o preço da etiqueta (preço original: R$500) - aliás, quase tudo na Cori está com esse desconto.  #dica

Estilo montaria, porém com o bico mais para fino que para arredondado e um marrom que combina com tudo: achei ótima compra.

O surreal foi quando destaquei a etiqueta que veio com ela sob o título "Manual de Conservação" e li o seguinte (veja grifo em vermelho):

Eu nunca tinha ouvido falar nisso: sapato que tem um ano de validade antes de "poder apresentar descolagem"!!! 
Sapato sempre foi um bem durável, sempre tive os meus por muitos anos sem problemas. Já imaginou se isso passa a ser o habitual agora? Você compra uma bota neste inverno e no ano que vem já não dá mais para usá-la??? Estou chocada!

Obsolescência programada
Que tudo está caminhando para vida útil pequena e para rápido descarte não é novidade para ninguém. Lembro que minha mãe tinha eletrodomésticos do seu casamento funcionando perfeitamente após mais de 20 anos. 
Hoje em dia, experimente chamar a assistência técnica para consertar sua máquina de lavar comprada há 5 anos: o técnico só falta chorar de rir ao ver tamanha velharia, e diz candidamente que "não há mais peças para essa máquina, é muito velha"... [sim, isso ocorreu aqui em casa].

Já estava acostumada com isso acontecendo com os eletrodomésticos. Mas estou inconformada com a possibilidade disso passar a acontecer com meus sapatos!  :(