domingo, 24 de junho de 2012

Pomegranate Body Oil

A ótima Ale Garattoni [#fã] escreveu um post sobre "Os quebra-galhos de beauté" (leia aqui), citando o uso de Óleo Johnson's durante o banho para hidratar o corpo.

Dica muito apropriada para o inverno, quando dói só de pensar nos minutos no frio para espalhar o creme hidratante. E acho esse método do óleo corporal TÃO bom, que resolvi ampliar a indicação para um produto mais sofisticado que é maravilhoso: Pomegranate Regenerating Body Oil - Romã Óleo Regenerador Corporal, da WELEDA.


A linha toda é composta por creme para as mãos, sabonete líquido para banho e o óleo em si.
Não experimentei ainda o creme para as mãos pois sou apaixonada por um da Neutrogena com FPS 30 [Neutrogena Norwegian Formula - hidratante anti-idade para as mãos], então só uso dessa linha o body wash e o óleo, e recomendo ambos muitíssimo!

O pomegranate body wash é denso, faz uma espuma cremosa e não resseca a pele. O óleo eu uso após o banho: desligo o chuveiro e antes de sair do box coloco um pouquinho do óleo da palma da mão (mais ou menos o volume de uma colherinha de café) e espalho por todo o corpo. Não precisa enxaguar.
Ele hidrata a pele na medida, sem ficar oleosa. Rápido, fácil e eficiente.

Segundo o site da Weleda, "O Óleo Corporal Romã Weleda é rico em poderosos anti-oxidantes, extraídos da semente de Romã orgânica, que aceleram a renovação celular e protegem dos radicais livres, regenerando a pele madura e prevenindo o aparecimentos de novos sinais. Nutre e regula o equilíbrio da umidade, restaurando a pele com Ácidos Graxos e óleo de Macadâmia".


O óleo vem em uma embalagem linda de vidro azul. Aliás, vidro dentro do box não é dos melhores casamentos, sempre tem que se tomar um cuidado extra para não ocorrer algum desastre.
Porém, como a Weleda é uma empresa que só trabalha com produtos naturais e evita conservantes, a escolha pelo vidro é, sem dúvida, a melhor para o produto - o vidro é, de longe, a melhor embalagem que um produto pode ter: completamente inerte, protege e não altera suas características originais. Plásticos? Nem sempre...

Então, para este inverno, já sabe: óleo rapidinho ao invés do creme hidratante demorado. E, se for investir, este é "O" melhor.


P.S.: Testei os outros óleos da Weleda, e não se comparam com o Pomegranate. É o único que compro estoque para não acabar nunca e não o troco por nada.  :)