terça-feira, 12 de junho de 2012

Blogueiras sangrentas?

Acabo de escrever sobre o culto às blogueiras como se fossem celebridades máximas e me deparo com o avesso desse mundo: uma campanha para retratá-las como pessoas ignorantes e sem humanidade.

Explico. Já viram o site da "titia Shame"? Clique aqui e veja.
Esse site, que iniciou como um blog (e, tenho que falar, era bem mais divertido antes de se tornar site), vive de ridicularizar poses, looks e textos de blogueiras.
Confesso que eu o achava engraçadíssimo, principalmente o quadro Loka do Dia, com fotos que... só rindo mesmo!

No entanto, ultimamente parece que o material realmente engraçado está ficando raro, pois muitos posts não se justificam, parecem realmente uma cruzada contra as blogueiras em geral - e as do F*Hits em particular.

Eu acho que ficar caçando tweets de blogueira para dar um super destaque que ela escreveu uma palavra ou expressão errada já é xiitismo.
Escrever errado em blog é uma coisa - se bem que uma falha ou outra pode escapar, ninguém está livre de digitar algo errado - mas, no Twitter??? Quer comunicação mais superficial e volátil que essa? Não acho justa essa postura.

E nos últimos dias o Shame está numa campanha feroz visando denegrir as blogueiras que usam peles de animais em roupas. Estão nomeando essas blogueiras de loucas, cafonas e perversas. E colocando a hashtag #blogueirasangrenta para protestar contra elas.

Realmente, nosso clima não justifica o uso de peles! E atualmente há tantas peles sintéticas lindas, não há necessidade de optar pelas peles animais.
No entanto, a forma como isso está sendo tratado beira o fanatismo.

Ou seja: de um lado estão sendo endeusadas, de outro estão sendo atacadas com pedras.

Engraçado como essa atividade de "blogueira de moda" está dividindo as opiniões em polos opostos, não é?


PS: adorei este post do f-utilidades, que acabo de encontrar - leia aqui. Exatamente o que penso.