segunda-feira, 21 de maio de 2012

Botas de salto baixo

Sabe que é bem difícil encontrar bota de salto baixo e cano baixo com carinha de rica? Uma que tenha bico mais fino e delicado, ou de python, ou com recortes no couro...

Desde que machuquei o tornozelo mudei completamente a forma de calçar: dos saltos altos usados 24/7, fui para sapatilhas, slippers, botas baixas.

Botas de saltos baixos com CANOS ALTOS são fáceis de encontrar: a moda montaria está fortíssima neste inverno. E tirando aquelas muito caricatas (que só faltam ter esporas), a maioria é bem bonita. Gosto particularmente das que unem matelassê e couro liso.


Cano alto implica em usar a bota com vestido ou por fora da calça skinny.

Porém, a pessoa aqui, que não está nada magrinha, tem uma certa implicância com calças muito justas. Por isso saí à cata de uma bota para usar por dentro das calças de pernas mais larguinhas.


E aí começou o problema:
As botas baixas (sempre de salto baixo e quadrado, para dar estabilidade: só estou falando destas) são oferecidas em praticamente quatro grandes grupos:
  1. Country
  2. Coturno
  3. "Eletricista"
  4. "Diferentes"

Country: tem sempre salto cunha e/ou bico finíssimo e/ou ponta da bota levantada. E a maioria ainda é desenhada...


Bom, já deu para ver que elas não me agradam de jeito nenhum!


Os coturnos sempre achei masculinos demais, nunca imaginei usá-los. Mas têm seu charme rocker, não se pode negar!
Abaixo a seleção dos mais bonitos que eu encontrei:




Estou chamando de "eletricistas" as botas que têm o bico duro e redondo, sem costura alguma, e que sob a calça comprida ficam parecendo aquelas botas de segurança:

E olhe que esta D&G e a Acne estão muito lindas!!! Porém, sob a calça só aparece mesmo o bico redondo... :(


E, finalmente, as "diferentes": as UGGs e as galochas!

Morro de vontade de ter uma galocha, acho um charme! Mas acabo não arriscando porque acho que não vou ter coragem de usar...
Já a UGG, OMG! que coisa feia!!! Nem como chinelo de quarto!


E no final, depois de muito procurar, desisti da bota de rica e, entre essas quatro "modalidades" de botas, escolhi a... COTURNO. Por incrível que pareça, ela fica boa sob calça, já que tem algum detalhe que aparece: seja o cadarço, seja um recorte. Não é rica, mas quebra o galho...