sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

SPFW Inverno 2012 - Cori

Descobri que não tenho dna de fashionista, estava completamente enganada a meu respeito, hahahaaa.
Vi o desfile da Cori Inverno 2012 ontem, transmitido ao vivo da SPFW, e não gostei nadinha.
Na minha visão, fizeram uma moda impossível de se usar "na vida real", com fendas até a coxa, decotes vertiginosos e blusas sem mangas. Ok, ninguém sente frio nessa terra??




Já as cores, foram bem invernais: muitos tons terrosos, preto, nada de cores alegres. Porém, muitos brilhos nos tecidos.
A blusa que mais gostei está abaixo:


E agora explico a tal "falta de dna": dêem uma olhada no que os sites estão dizendo sobre o desfile e vejam se esse pessoal não enxerga as coisas de forma muuuuuuito diferente...

Site CHIC -  A Cori trouxe uma coleção urbana, com cores como verde luminoso, turquesa, coral e grande variedade de neutros. Jaquetas, vestidos e saias também trouxeram listras e tecidos com diferentes acabamentos que deram à coleção equilíbrio e facilidade na hora de usar.

Moda IG -  No primeiro dia de desfiles do SPFW, a Cori mostrou coleção consistente e focada na mulher urbana e real. Inspirada no universo do hipismo, a marca fez do couro e da lã os protagonistas da apresentação, tanto nos acessórios quanto nos figurinos. A alfaitaria surgiu recheada de fendas (nas saias e vestidos) e detalhes (nos casacos e camisas), todos feitos com feltragens artesanais, aplicações de resinas metalizadas ou envernizadas em lãs nobres. Na cartela de cores, havana, mostarda, café, rato e conhaque, além do preto e petróleo, surgiram em grande parte do desfile.

E aí, deu para entender meu ponto de vista? ;D

2 comentários:

  1. Assino embaixo. Acabei de ver as fotos na Internet e parei na metade. De raiva. Primeiro porque me dá tristeza toda aquela quantidade irreal de preto, marrom e escuridão. Meu Deus, como eu adoro verão, estampas coloridas, cor, cor, COR!!!!!! Depois, porque no inverno eu morro de frio e me cobro até o pescoço tentando salvar um pouco de feminilidade nos dedos das mãos que ficam para fora. Detesto frio. Até a moda é chata no inverno. Beijocas. Tatá.

    ResponderExcluir
  2. PERFEITAMENTE!
    hahaha

    Nesse SPFW houve um foco muito grande no fashionismo. Foi um sinequanon em todos os desfiles.
    Era uma MODA fashionista para um PÚBLICO fashionista, e infelizmente esse estilo é muito particularizado, muito dramático e diversas vezes até excêntrico.
    Poucos verdadeiramente tem esse estilo, ou então uma vida que a comporte. E menos gente ainda que tenha a pretensão de um look dessa natureza.
    Não vou dizer que não é bonito. É tudo muito legal, eu mesma até cheguei a gostar, mas não dá. Mesmo eu que gosto de algo mais elaborado achei excentricidade demais para se vestir.
    Infelizmente, é algo que só serve para MULHERES REAIS que sejam FASHIONISTAS.

    Notei o ar urbano (pelos cortes e caimentos - jamais veremos elas em outra estação ou ambiente) e o ar invernil (pelas cores,texturas - inclusive com as fendas que muito provavelmente serão associadas de meias nylon, tendência que notei na maior parte dos outros desfiles). Mas sinceramente, a tal da usabilidade e facilidade só se destinou aos que são BEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEM mas BEEEEEEM fashions. Caso contrário, realmente não funciona. Creio que até mesmo os antenados de plantão não foram muito afeitos, ninguém quer ter looks tão prontos e tão marcados, a maioria gosta - e precisa - de um pouco mais de jogo de cintura com seus itens, tanto pelo clima quanto $.

    Infelizmente voltamos ao surrealismo na moda depois de um Verão tão encantador e democrático.
    Mas nem tudo está tão mal. Os conceitos são bons e dá para transportá-los de alguma maneira.

    Eu gostei - e muito - das texturas da Cori e o jogo de luz usando CORES pastéis. Elegante e ousado! É acho que é uma idéia que dá pra aplicar.

    Achei interessante o conceito do Hipismo e vê-lo sendo utilizado de forma tão geométrica e gráfica. Porém, muito me entristece que tenham falhado no principal: a versatilidade.
    É um erro de princípio, o hípico inspira o inverno desde sempre e gera uma moda clássica e infalível - inclusive é minha favorita (blazeres,botas,luvas,etc) - que costuma atender á todos os corpos, temperaturas e estilos.
    Nota-se a influência nas estruturas e silhuetas marcadas, mas não adianta serem tons fáceis, haver listras, se essas não tem facilidade de combinação. Mais do que ampliar possibilidades, achei bem limítrofe.

    (Porém concordo com você! Essa blusa é linda e adorei o black-out completo! Chique e sexy!
    Mas eu usaria somente em uma festa - isso porque percebo que a pretensão do look era para ser um visual de trabalho.)

    Em compensação, a Neon me surpreendeu muito! Manteve as estruturas definidas típicas do inverno, mas com a ousadia das cores típicas do Verão, e inclusive, com as noções de blocking que influenciaram tanto esse Verão que está por terminar. O desfile foi bem exagerado, para destacar a idéia, mas é bem fácil de adaptar á looks reais.
    De tudo, achei a idéia mais legal, a mais feminina e - incrivelmente - a mais usável. (para os não fashionistas, claro)

    É. Por enquanto não está lá muito animador, mas fazemos o possível não é?rs
    Eu vou continuar no hipismo classico, ainda acho melhor.

    Bjs!

    ResponderExcluir

Seu comentário estará visível após moderação. Obrigada!