quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

Novas formas de carregar bolsas

Estão sinalizando há meses que as carteiras reinarão nesta temporada, desbancando as it-bags.
Sinceramente, achei difícil de acreditar, pois nada se compara à comodidade de uma bolsa grande, que cabe tudo que você precisa no dia a dia e ainda pode ser carregada por alça, tanto ao ombro como no antebraço.

No entanto, tenho que admitir que a campanha pelas clutches está poderosa! Desde novembro, em todos os editoriais, as carteiras de mão e as bolsas de tamanho médio roubam a cena.

Não bastasse essa queda no tamanho das bags, ainda estão propondo "novas formas de carregar" as nossas amigas:

A ideia para a pequena clutch é simpática: enrolando a alça no punho, como se fosse uma pulseira.

Já as demais novidades...
Bolsa de tamanho médio, segura pelas alças - porém, de cabeça para baixo.
(imagine a bagunça que não ficará dentro!)

E essas maxibolsas, dá para encarar segurar assim?

Sustentar uma bolsa desse tamanho como se fosse carteira me parece uma temeridade: o peso é grande, a mão não vai aguentar mais de uns minutos antes de pedir demissão.

E passando o braço pela alça e segurando o fundo da bolsa: nessa maxibolsa eu não gostei da proposta. Mas visando não ser intransigente, resolvi fazer uma experiência com uma box média e achei que até deu certo:
A bolsa vira uma maxicarteira, dessas de carregar na mão, com a única vantagem que a alça está firme no braço, evitando quedas.

De qualquer forma, estou bem desanimada com essa tendência de bolsas pequenas. As bolsonas são, sem dúvida, um amor que eu gostaria que fosse mantido sempre na moda.

Um comentário:

  1. Clutches são ótimas para determinadas ocasiões, e de fato hoje tem muitas opções bonitas. Mas definitivamente, apesar das alternativas e propostas interessantes, até mesmo de como carregá-las, a praticidade não foi muito bem compensada, e isso é fundamental para as nossas amigas, senão não há sentido, não é mesmo?
    Gosto de bolsas pequenas pela delicadeza e mobilidade (como eu não costumava gostar de carregar algo optava pelas menores) mas, com o uso das lindas grandonas, passei a ganhar um amor irredutível por elas, e também gostaria muito que se mantivessem :( são realmente as amigas-parceiras da nossa rotina e perfeitas para tudo. (e quem seríamos nós sem o troca-troca de itens de uma para outra?haha)
    Então, indo 'contra a tendência', me mantenho nas It bags mas jogo a idéia de cores e texturas pra antenar :)
    Mas duvido mesmo que saiam de fato da moda, dão muita presença e charme ao look. São praticissimas e muito femininas. Refinam mesmo com o tamanho e a praticidade, e tornam a rotina mais estilosa e vistosa. Sinceramente, visando mercado, acho que ficarão. É um novo eterno :)

    Adorei a primeira alternativa de como carregar, que delicado! Lindo!
    E AMEI a bolsa laranja!
    A cor, a forma clean e estruturada..mas JAMAIS pela forma de carregá-la! Hahaha
    Mãos pedem socorro! (ainda mais para mãos pequenas como as minhas..:( rs)
    Parece meio desengonçado carregar desse jeito; perde em charme e suavidade (especialmente na invertida).

    E a sua carteiro é belíssima! Muito elegante e super estruturada! Linda!
    Sou uma super fã delas, são informais e alinhadas na medida, perfeitas para todo dia!
    Além de estilosas né?;)
    Clássicas!

    Gostei da alternativa com ela. Vou tentar também e ver se me sinto confortável.
    Beijos :)

    ResponderExcluir

Seu comentário estará visível após moderação. Obrigada!