quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Ainda no rosa

Finalizando o post dos pinks, achei esta blusa lindinha, e esta é "comprável" aqui em SP: é da Fillity, da coleção de Alto Verão que está entrando nas lojas agora.
Não é uma graça?

Rosa nude
Um tom de rosa que eu sempre gostei foi o nude, também conhecido como rosa velho.
Sempre associei a algo chic e classudo, uma cor nada óbvia.

Mas eis que navegando no site Coisas de Diva (http://www.coisasdediva.com.br/) encontrei um quadro engraçadíssimo que se chama "Coisas de Macho", onde ela pergunta para alguns amigos o que acham de diversas produções (de roupas ou acessórios).
E vejam só o que eles falam de roupa nude:
"[...] não gostei dessa blusa nessa cor nude. Já disse isso em outras oportunidades, se for para usar uma blusa (ou qualquer outra peça de roupa) na cor nude, melhor optar em grudar um monte de peito de peru no corpo, afinal, a cor é a mesma, com o adendo do gosto ser muito melhor."


HAhahaa. Nunca mais vou conseguir comprar nada dessa cor!

E olhe que eu tinha separado esta foto belíssima para postar:

Achei esse vestido de uma delicadeza única, tem um bordado fantástico. Mas agora, estou tendo seconds thoughts a respeito do tom. :)

5 comentários:

  1. (Que vestido fabuloso. Quanta delicadeza!! Trabalho finíssimo.
    Eu quero...será que está a venda? HAHAHA
    Seria mais um pra coleção dos inúmeros romântricos-ultradelicadosetrabalhados que eu fico garimpando por ai. Simplesmente os amo <3
    Mas sinceramente, é possível que haja alguém que não perceba,e não reconheça, que é uma peça de tamanha sofisticação e elegância? Impossível algo deste calibre não ser visto e considerado lindo.)


    HAHAHA sabe que passei por essa mesma sensação uma vez? É engraçado mas já vi uns blogs com quadros muito semelhantes ao Coisas de Macho. (por sinal,já vi o Coisas de Macho e sempre dei muita risada com os comentários desengonçados dos rapazes,especialmente sobre coisas sem contexto! haha mas não gosto do Pedro, o acho indelicado e brucutu então fica difícil também dar muita bola,rs)
    Retomando, eis então que passei por um blog onde a discussão era o uso de esmalte nude, e eis que um dos rapazes comentou:
    "se é pra usar 'cor de nada', que não use nada então!" - no momento pensei: OH MEU DEUS, JAMAIS VOU USAR ESSA COR NOVAMENTE! hahaha mas caí por mim,e resolvi refletir sobre o tal comentário.
    (por sinal, foi um belo absurdo uma vez que a não obviedade do tom cria uma delicadeza e ares de cuidado únicos - o que eles gostam sem dúvidas. Ar feminino é ponto positivo eternamente).
    Porém,em contrapartida,já vi quem desaprovasse o uso de um vermelho ou qualquer esmalte que tenha cor bem visível. E outros que desaprovem as unhas sem nada. E agora?

    No Coisas de Macho vi outras postagens em que há muitos looks nudes e que os rapazes acabaram gostando,achando ou delicado, ou elegante. Definitivamente vai todo um ar de contexto,de quem a usa e da forma que foi usada. As vezes um maravilhoso vermelho, por exemplo, pode ser desastroso também (se considerarmos,como dito na post anterior,cor de pele,corte,e todas aquelas coisas - eles só veem o produto final e a impressão final, e bem..honestamente não somos muito diferentes,rs, mas conhecemos cada parte do processo).

    ResponderExcluir
  2. Vai realmente do gosto,e das apreciações da pessoa. As vezes a produção não agrada,ou um tom,ou o tipo físico,ou algo que lembre alguma coisa que não gostem. É algo bem genérico mesmo e que eles dificilmente dissociam. (ri tantas vezes quando esquecem de comentar a peça pois se barbarizaram com o cabelo ou o rosto da moça ou seja lá o que,haha)
    Para eles moda tem que ajudar e valorizar quem usa. Quanto ao estilo..ai realmente varia.
    A questão é ver se caem no senso comum ou não.

    Mas na minha humilde opinião, acho que além do tipo de gosto, também há o grau refinamento da pessoa para julgar uma cor ou um traje (e até mesmo para utilizá-la - no caso, quem julga são os rapazes e o usuário, são as mulheres). Se ela (pessoa) consegue discernir que aquilo (no caso o Nude) transmite um ar de elegância,delicadeza e sobriedade..certamente ela tem uma percepção melhor de adequação, então deve ser alguém mais polida que não cai tanto no senso comum - o de achar que o bonito é apenas o de cor definida ou num modelo tal (o que,como sabemos,é uma boa mentira rs). Agora não significa, é óbvio, que o nude sempre dê certo.
    Tem que ter arrojo pra saber usar de uma forma moderna e delicada,sutil..mostrando ter sido bem trabalhada, e não de forma a parecer uma caixa de areia super sem graça. - além de claro, combinar. (Alguém de pele bem pálida pode sumir dentro de um nude, e ficar parecendo fantasma, vovó ou cortina - e ai também entra o tecido e o trabalho feito sobre.)

    Arrojo é fundamental na apreciação de qualquer cor,ainda mais uma desse porte.
    É visível que o nude, justamente por sua não obviedade, torna-se uma cor trabalhável mas que exige atenção. Para casos mais comuns que evitem o desgosto de algum lado, vale usar como um termo neutro ao lado de outra cor. De todo modo, o foco dessa cor é sempre parecer um belo detalhe (portanto, cuidado e produção), por mais que seja de corpo todo.

    Mas é evidente que há quem não goste, e quem não saiba usar. Não tem jeito, sempre vai existir.
    Vemos até mesmo pessoas que acham feio algo maravilhosamente elegante e fino.

    Esse tipo de quadro me lembra muito de um dos meus 2 irmãos que repara bastante nos looks mas não tem idéia de como comentar a respeito dos itens usados por nós (em especial não saber como definir as tais cores ou como se chamam aquelas coisas) entao fica essa coisa hilária de associar exemplos completamente aleatórios ou impressões taxadas da infância. É engraçado que as vezes eles até gostam mas não sabem como falar, então ou tiram algum sarro comparando com alguma coisa qualquer ou então acabam escorregando na indelicadeza ao fazer as comparações (e dando a impressão que não gostaram ou que querem ofender mesmo).
    Mas algo que vale pra todos,e que deixam muito bem claro quando não gostam, é quando acham alguma coisa estranha (e geralmente,é estranho mesmo HAHAHA).
    Agora quanto á ser chamativo, ou apagado, ou gostar de algo x,y,z, é realmente muito particular.

    ResponderExcluir
  3. Tenho um amigo que já reclamou muito de certos tons de rosa pois lembrava uma ex-professora nossa, hahaha ai rapazes...(depois nós somos complicadas,rs)

    Diante do estigma, vemos que homem nem consegue definir que bendita cor é esse tal de nude...falam bege,rosa,qualquer coisa, hahaha
    Creio que um homem de bom gosto apreciaria uma belíssima peça nude que transmitisse muita elegância (e personalidade!).
    Talvez se fosse perguntado á eles uma cor, no padrão geral,comum,respondam que gostem do que é mais chamativo,colorido (ou basicão)...mas ao ver uma produção bacana,de bom impacto e que pareça refinada, não tem como não gostar, e o ponto é esse, ser bom pros olhos.
    Basta ver a delicadeza maravilhosa desse vestido, já é suficientemente atrativo (talvez com um penteado melhor se tornasse mais vistoso - mas claro,é um editorial #fashionfeelings).

    a sutileza faz toda a diferença, e certamente é muito, mas muito atrativa.

    Vi também muito rapaz,além de homens adultos,apreciarem ao ver um look nestes tons. Talvez olhar a cor sozinha não seja interessante, ou em alguns modelos ou em algumas modelos. Acontece.
    Creio que seja, realmente, uma questão de tato (sutileza) e apreciação, não tem jeito ;)
    Vale puxar os dois lados pra formar o que nos dá mais comodidade e também ganhar um bom senso de observação sobre o que é melhor para nós, e evitar cair no erro ou no modismo. :)
    Mas como tudo aquilo que não é óbvio, é ponto para os que tem seu quê de sutileza e observação mais apurados. Enfim, o classudo da cor comporta também a característica de quem o usa..né?


    E gente, O QUE É esse frio em NOVEMBRO? Estamos aqui falando de cores, de verão, de leveza e...aonde vai tudo isso?
    Creio que o clima está tendo um pequeno delay (e vontade de surpreender) tal como a moda está em adiantar-se e até prever o 'futuro'.
    Que conflito....

    -escrevi super dessa vez tambem,rs peço desculpas. mas esse assunto rende..

    ResponderExcluir
  4. Carol, concordo plenamente: não vai ser um comentário contra que nos fará mudar de ideia e de gosto. Mas que foi engraçado, isso foi! Eu nunca havia pensado em semelhante comparação, achei hilário.
    Quanto ao inverno, está difícil mesmo! Hoje saí de casa com cashmere + blazer de lã - dá para acreditar? E, para chamar o calor, comprei uma espadrilha lindinha! Depois fotografo. Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Dizem que o calor virá, e fazendo surpresa!

    Será? É bom estarmos munidas. hahaha (ainda mais com taanta coisa surgindo por ai. Nossa!)

    Esses dias estão inacreditáveis! Também fiz uso dos blazeres de lã mas pasmei quando cheguei a sair munida em couro. Botas e uma jaqueta (que adoro) estilo bomber!
    Ela é numa versão mais clean e leve. Corte reto e detalhe de pele apenas na lapela superior e na mesma cor do couro; e ao invés de zíperes, botões! de feixe cruzado :)
    Me senti em meados de agosto...

    Mas pra me salvar um pouco e evocar o verão, também tentei dar uma leveza com uma renda de mangas compridas. (reabrindo o armário ;D)
    Tá na hora do clima dar uma pequena modificada né,senão que faremos com tantas coisas e com semelhante frio (por mais que eu goste)? Contanto que não seja um frio 80 dessa vez...rs

    Que lindo! Espadrilhas sao um charme. <3 Adoro!
    Quando o calor chegar, você mostra :D

    E não há dúvidas do divertido que esses quadros são. Sempre dou uma bela risada.
    É simplesmente IMPRESSIONANTE a capacidade para fazer tais comparações. HAHA vai muito além de criatividade!

    Esses rapazes...rs
    Bjs

    ResponderExcluir

Seu comentário estará visível após moderação. Obrigada!