terça-feira, 11 de outubro de 2011

Moda é ou não é importante?

Existe uma parte minha que considera a moda uma coisa muito importante, pois é como nós nos mostramos ao mundo, como nos comunicamos não verbalmente. E as pessoas são muito visuais, em meio minuto já temos uma opinião formada sobre quem está à nossa frente - e o que se está vestindo e usando dita grande parte dessa percepção.

Por outro lado, em uma esfera maior, isso é apenas uma gota d`água: as grandes questões são realmente as ligadas ao planeta, à política e à economia dos povos.


No entanto, acho fundamental agirmos no que temos controle. E controle sobre o que se vai vestir para interagir com o mundo todos têm, com nova chance de acerto a cada dia.
Então, não é importante?

3 comentários:

  1. Não somente é importante, como faz parte de nós, seres humanos e indivíduos.
    Convivemos com a estética e isso é algo necessário até mesmo para uma auto-identificação.

    Acredito que a moda se constrói por cima disso, e não necessáriamente por ESTAR NA MODA, FAZER ALGO DA MODA, SEGUIR A MODA. (isso soa ate mesmo deselegante, se refletirmos tantas coisas que estao na moda, e ate mesmo pela estupidez que é seguir as coisas de forma volúvel e tendenciosa - se torna um desespero épico.)

    Tendência é somente tendência, é uma veia em que as pessoas partem por algum motivo maior,pode ser este econômico, cultural, social...
    as vezes alguma coisa dela pega, porque fica atemporal ou é suficientemente elástico para ser moldável á todos os estilos de vida e personalidade.

    Acredito que ela seja importante, como toda e qualquer questão que tenhamos que ter atenção.
    Creio que transmitir a sua real imagem é o interessante, logo por mais variados estilos que hajam ou padrões necessários, a forma natural deve fluir ja que caso contrário, além de não ser moda..é um ato deselegante com um terrível ar artificial e inorgânico.

    Uma pessoa de um estilão mais natural (que costuma usar pouca maquiagem, tem um cabelo mais básico..ao natural, por exemplo) não funciona tão bem se ultra produzida como uma pessoa mais perua ou excentrica. Certamente a belissima produção dela acompanha a sua mesma linha de ser. E vice-versa. (claro,cuidados fazem diferença para todos mas este nao é o ponto,rs)

    A moda é importante não pela sua tendência, mas pelo bem-estar que nos proporciona, por podermos torná-la uma forma de expressão e identidade.
    Moda é acima de tudo atitude.
    Não é moda quando nos sentimos massacrados por alguma tendência seguida á risca, ou quando nos sentimos deslocados do mundo e de nós mesmos.

    Moda é transferir o que somos brincando com o que existe, com muita segurança e auto-confiança. É um momento de encontro.
    É impossível que algo saia horrível e desagrade desta forma, pois o natural transpira sobre a roupa e a presença se torna única, implacável e imponente. Se torna bela, forte, segura.
    Gostos variados existirão eternamente, mas a moda não agrada gostos, ela nos destaca por individualidade, e postura segura e autêntica é algo que agrada a qualquer pessoa, além de impressionar.
    Isso já é suficiente para ela ser importante, e é isso que a torna interessante.

    Vivi fortes exemplos de estilos diferentes dentro de casa, e notei como apesar dos gostos diferentes, cada um expunha uma impressao fantastica diante da autenticidade,identificação e bem estar. Isso é fundamental pra qualquer composição, e é claro, diante disso vamos polindo buscando peças melhores, cores melhores...
    Mas sempre fico encantada com cada um deles, e isso só enriquece minha percepção estética o que só ajuda na hora de construir a minha.
    Estar padronizado numa moda, ou num costume, diversas vezes não funciona, porém se a moda for o que você construiu nesse mix de transferencia de si mesmo com as coisas existentes, não há erro e ai sim, é o inicio para algo genial e de fato, estar na moda.
    A indústria só cria peças que sigam os gostos, mas elas sozinhas podem ser desde uma maravilha até um desastre, tudo dependendo de como e quem a usa. Quantas vezes não vimos peças incríveis sendo um desastre, e peças que pareciam ser tão sem graça notarem-se tão incríveis? Ou uma mesma sendo excelente em um e catastrofico em outro?

    Diversas vezes, noto o quanto pessoas de diversos estilos chamam a atenção, enquanto outras que podem estar vestidas da mesma maneira que elas,quiçá melhor, estão apáticas, estranhas, pouco fluidas/naturais.

    A moda é importante assim como a etiqueta e a educação. São orientadores, meios de transferência do que temos de melhor e de mais autêntico. Atitude, comportamento..e elas tem um efeito social inimaginável, que vai muito além de apenas agradar o vizinho.
    Todos estes sao importantes, e interligados. Que estão ai pra dar liberdade e ajudar, não pra complicar ou angustiar.
    =)

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  2. Carol, recomendo fortemente que você escreva seu próprio blog, pois você tem muita opinião e escreve com desenvoltura. Assim você alcançaria um público grande, e em sua faixa etária, coisa que este blog autocentrado-e-isolado-do-mundo não tem intenção de fazer. E dessa forma seus textos não seriam perdidos na web. Bjs.

    ResponderExcluir
  3. Minha cara, Obrigada pelos elogios! Foram muito gentis. Nossa..são incontáveis as vezes,e as pessoas, que me deram tal idéia.
    Ja tive algo semelhante por muitos anos, mas era completamente autocentrista. Ta ate meio parado por conta da falta de tempo.
    Mas eu realmente não sei se conseguiria. Claro que soa interessante pensar numa mensagem que atinge um grande volume (independente da faixa etaria), ainda mais tendo consciencia de que tenho capacidade comunicativa, mas nunca tive pretensão expositiva com a escrita em grau e modo algum, e nunca tive outra intenção com ela senão autorreflexiva ou comunicativa/compartilhamento, e para mim isso ja é suficiente para não ser uma perda =) [chega a ser algo bem interior. fechado. creio que voce me entende.]

    É um compromisso muito sério falar com muitas pessoas, e acaba que os pontos anteriores com a falta de tempo, não me permitem fazer um trabalho decente (e postar com frequência), e honestamente se eu for buscar grande alcance, gostaria de fazer algo bem feito e o mais legitimo possivel, com o mesmo carinho e espontaneidade que escrevo de forma pessoal ou direta quando compartilho algo. Vamos ver se um dia isso acontece =) e se eu ganho a coragem e a vontade de me tornar mais expositiva com a escrita. (exposta logicamente que estou,uma vez que estou falando algo para alguem)

    Obrigada pelo carinho.
    beijos.

    ResponderExcluir

Seu comentário estará visível após moderação. Obrigada!